Dia Mundial do Animal e Dia do Médico Veterinário

Hoje, dia 4 de outubro, é celebrado o Dia do Animal e o Dia do Médico Veterinário e como não podia deixar de ser, damo-vos a conhecer algumas curiosidades.

Dia Mundial do Animal

A origem desta celebração remonta ao século XII e XIII com a figura religiosa de São Francisco de Assis, padroeiro dos animais. O Santo pregava também aos animais e defendia a sua inclusão na celebração da Igreja.

Mais tarde a celebração foi oficialmente instituída, numa convenção de ecologistas em 1931 em Florença, Itália. Decorrente desta convenção, ficou então estabelecida a celebração  da vida animal em todas as suas formas no dia 4 de outubro, dia de São Francisco de Assis em homenagem ao santo.

O dia comemorativo foi criado com os seguintes objetivos:

  • Sensibilizar a população para a necessidade de proteger os animais e a preservação de todas as espécies;
  • Mostrar a importância dos animais na vida das pessoas;
  • Celebrar a vida anual em todas as suas vertentes.

Apesar da existência da data comemorativa, os direitos dos animais foram no entanto registados muito tempo depois. A Declaração Universal dos Direitos dos Animais só foi aprovada pela Unesco, em 15 de outubro de 1978. Esta declaração visa a criação de parâmetros jurídicos para os países da ONU sobre os direitos dos animais, estabelecendo o seguinte:

  • Todos os animais são sujeitos de direitos e estes devem ser preservados;
  • O conhecimento e ações do homem devem estar a serviço dos direitos animais;
  • Os animais não podem sofrer maus-tratos;
  • Animais destinados ao convívio e serviço do homem devem receber tratamentos dignos;
  • Experimentações científicas em animais devem ser evitadas e substituídas;
  • A morte de um animal sem necessidade é biocídio; de vários de uma mesma espécie, genocídio;
  • Animais destinados ao abate devem sê-lo sem sofrer ansiedade e nem dor.

Dia do Médico Veterinário

Curiosamente, no mesmo dia em que se celebra o dia do padroeiro dos animais e do dia Mundial do Animal, foi publicado em 1991 o estatuto que criou a Ordem dos Médicos Veterinários em Portugal.

Celebramos então neste dia um papel essencial na vida dos nossos companheiros crucial para o seu bem-estar.

Os animais adoecem e têm necessidades tal como os humanos. Tendo isto em consideração, devemos reconhecer os nossos médicos veterinários como os médicos de medicina Humana, já que sem eles, seria muito difícil garantir o bem estar dos nossos patudos.

Finalmente, a todos os veterinários, a Unipet congratula o seu trabalho e dedicação, cuja missão certamente apoiamos e subscrevemos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *